Como programar Theta-burst no software do Neuro-MS


03/10/2012 11:56 -
3/10/2012

Porque o theta-burst é tão "interessante"?

Como programar Theta-burst no software do Neuro-MS
O padrão de estimulação em Theta-burst é o mesmo que se usa há décadas, em fisiologia animal, para induzir as mudanças sinápticas que se acredita serem a base do mecanismo de memória: a potenciação de longo prazo (LTP) e a depressão de longo prazo (LTD). Se isso pode "ensinar" os neurônios frontais a "não serem tão deprimidos" o autor dessa notícia desconhece. Ele apenas leu o Oxford Handbook of Transcranial Stimulation de 2008 e nessa notícia vai mostrar como programar o seu Neuro-MS para esse padrão de estímulo, caso queiram pesquisar o assunto. Em humanos, a estimulação em theta-burst consegue induzir muito rapidamente, mesmo com intensidade abaixo do limiar motor, mudanças de excitabilidade cortical evidentes. Um exemplo: 20 segundos de theta-burst contínuo, que tem propriedade de reduzir excitabilidade, já são suficientes para reduzir a amplitude da resposta motora (Di Lazzaro et al. 2005). Já o padrão de theta-burst intermitente tem o efeito oposto: aumentar a excitabilidade. O Theta-burst consiste de "bursts", rajadas, de 2 ou 3 pulsos, aplicados na frequência theta de 5Hz (5 rajadas por segundo). São então 2 frequências: cada rajada, "burst", são apenas 2 ou 3 pulsos aplicados a 50Hz e essas rajadas de 2 ou 3 pulsos se repetem a 5Hz. Olhem só como é fácil programar! Assistam o vídeo abaixo em tela cheia:


Parceiros: